Rodrigo de Moura

POR QUE A APOSENTADORIA ESPECIAL NEM SEMPRE É A MELHOR OPÇÃO PARA O PILOTO DE AVIÃO?

A aposentadoria especial do INSS é a forma mais conhecida de aposentadoria para piloto de avião.

Certamente, essa modalidade é procurada por ter menos requisitos para fazer seu pedido. Porém, essa pode não ser sua melhor escolha.

Por exemplo, a aposentadoria especial te impede de continuar pilotando. Dessa forma, para continuar exercendo sua profissão será preciso escolher outro tipo de aposentadoria.

Em outros casos o valor do seu benefício pode sofrer alterações, assim como a data eu que você completa os requisitos básicos de aposentadoria de acordo com a modalidade escolhida.

Saiba mais: Aeronauta, faça a melhor aposentadoria Sendo assim, você precisa conhecer as opções para poder fazer a melhor escolha.

Então, vou mostrar a você alguns modos de benefício para seu conhecimento.

Então, vou mostrar a você alguns modos de benefício para seu conhecimento.

Nesse post você vai ver:

  • Alguns tipos de aposentadoria
  • Aposentadoria especial do piloto de avião


Clique agora no botão abaixo para baixar o seu Ebook exclusivo sobre a aposentadoria especial do aeronauta!

https://materiais.rodrigodemoura.com.br/aeronauta_ebook

Alguns tipos de aposentadoria

Primeiramente, você precisa saber que em 13/11/2019 aconteceu uma reforma na previdência. Portanto, existem regras para quem atingiu os requisitos para aposentadoria até 12/11/2019, e outras regras para quem atinge os requisitos após essa data, as chamadas regras de transição.

São algumas dessas regras de que vou te falar agora.

Conheça a aposentadoria por pontos, essa pode ser a melhor opção para o aeronauta que deseja se aposentar e continuar trabalhando!

Aposentadoria por pontos: provavelmente, essa será sua melhor opção se você optar por descartar a aposentadoria especial.

Funciona assim: você precisa atingir 96 pontos e 35 anos de contribuição sendo homem, e 86 pontos e 30 anos de contribuição sendo mulher.

A partir de 2020 acrescente um ponto ao ano. Os pontos sempre são a soma de sua idade e tempo de contribuição.

Para tirar suas dúvidas sobre essa aposentadoria basta clicar no botão abaixo!
Idade progressiva: exige 35 anos de contribuição e 61 anos de idade para homens e 30 anos de contribuição para mulheres e 56 anos de idade para mulheres.

Sendo que a idade mínima aumenta 6 meses por ano, a partir de 2020, até atingir 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Pedágio de 50%: regra válida para quem ainda precisava contribuir menos de 2 anos quando da reforma da previdência.

Precisa, no mínimo, 33 anos de contribuição para homens e 28 anos para mulheres. Seu pedágio será 50% do empo faltante para atingir 35 anos para homens e 30 anos para mulheres.

Os cálculos do valor do seu benefício variam também de acordo com a modalidade e data de seu pedido de aposentadoria. Assim sendo, precisamos analisar sua vida profissional para podermos ver qual modo se encaixa melhor para você.

Além disso, não pode ser descartada a aposentadoria especial antes de ser feita essa análise.

Assim sendo, você precisa conhecer as regras dessa modalidade também. https://www.rodrigodemoura.com.br/aposentadoria-especial-do-aeronauta-piloto-comissario/

Aposentadoria especial do piloto de avião

As regras da aposentadoria especial também mudam antes e depois da data da reforma da previdência do INSS. Portanto, se você atingiu 25 anos de contribuição como piloto de avião até o dia 12/11/2019 você pode solicitar sua aposentadoria especial sem nenhuma outra exigência.

Todavia, após a reforma, além dos 25 anos de contribuição, você precisa de 86 pontos. Assim como na modalidade por pontos, você soma sua idade com o tempo de contribuição para atingir sua pontuação.

Saiba mais: Qual a regra de transição mais vantajosa para o aeronauta

Se acaso você escolher a aposentadoria especial lembre-se que não poderá mais atuar como piloto de avião. Por outro lado, nas outras modalidades você pode transformar seu tempo de contribuição como piloto de avião em tempo de contribuição comum.

Desse modo, cada ano de contribuição especial vale mais quando transformado.

Enfim, você percebeu que são muitas variáveis. Por isso, procure ajuda especializada para fazer essa análise completa junto com você.

Uma escolha certa vai influenciar diretamente no valor do seu benefício. Pode, até mesmo mudar a data em que você pode pedir aposentadoria.

Leia também: 3 segredos da aposentadoria do aeronauta 2021

Além disso, um advogado previdenciário sabe exatamente qual a documentação necessária para comprovar cada tipo de modalidade. Sabe também te mostrar como obter esses documentos.

Finalmente, na hora de fazer a solicitação ao INSS, fazendo o pedido com orientação profissional, dificilmente você terá seu pedido negado.

Caso deseje conversar comigo sobre a sua aposentadoria basta clicar no botão abaixo!

Bons Voos! Permanecemos na escuta!

Gostou do texto? Então curta e compartilhe!!

Sobre o Autor Rodrigo de Moura

Rodrigo de Moura é Advogado formando pela Unisinos.
Especialista em Direito Público pela Escola Superior da Magistratura Federal – Esmafe/RS.
Atua exclusivamente com Direito Previdenciário em todas as cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Posts mais recentes